Monday, February 16, 2009

MUITO ALÉM DO JEQUIBAU

O pianista paulistano Mário Albanese é também um dos melhores compositores brasileiros de todos os tempos - e quem acaso me chamar de exagerado devido a essa afirmação tente continuar me chamando de exagerado após ouvir a amostra abaixo.

É ótimo que Os Três Moraes, um dos melhores grupos vocais dos anos 1960 e 1970, esteja se reunindo, ainda que ocasionalmente. Esta gravação de "Maré Alta", parceria de Albanese com Cyro Pereira (e não à toa uma das, em bom português, "my all-time favourite songs"), nem foi lançada no Brasil, e sim nos EUA, com o nome pouco sutil de Os Três Brasileiros, em 1969.

Os Três Moraes - Maré Alta

http://sharebee.com/6a673420

A marcha-rancho "Você", parceria de Albanese com Heitor Carrillo (sim, o autor de "Este É Um País Que Vai Pra Frente" e "Chum-Chim-Chum"), foi um dos grandes sucesso de 1960; aqui está a gravação da cantora Marisa Barroso.

Marisa Barroso - Você

http://sharebee.com/8a589a02

Tão eclético quanto criativo, Albanese compõe até rock - e dos bons. Garanto que muitas bandas de garagem por aí não soam tão "psych" quanto "Gamboa", parceria (em inglês) de Albanese com Cyro Pereira, na interpretação do Modern Tropical Quintet, com vocal-solo da holandesa Sara Chretien, então recém-radicada no Brasil e que logo mudaria o nome para Sara Teixeira (além de gravar nos anos 1990 um bom LP com o nome Sara Voz).

The Modern Tropical Quintet - Gamboa

http://sharebee.com/2ed5e24f

Sara merece mais uma dose, e cantando em holandês: "No Balanço Do Jequibau" (em jequibau, o famoso ritmo em 5/4 criado por Mário Albanese e Cyro Pereira - como, por sinal, Maré Alta"), tornada "Vlinder", "borboleta" em holandês (sendo uma versão de versão, pois "No Balanço do Jequibau" fez sucesso nos EUA como "Pretty Butterfly").

Sara Teixeira - Vlinder

http://sharebee.com/a49ea401

Para terminar esta amostra, o lado bem humorado de Mário Albanese, numa parceria com Irvando Luiz, emérito autor de textos humorísticos para a Rádio e TV Record (e parceiro de Adoniran Barbosa no maxixe "É Da Banda De Lá"): a toada caipira "Crendices", que alguns conhecem da interpretação deste que vos tecla, de 2004 - mas vamos ouvir aqui a gravação original, de 1960, com a cantora Regina Célia.

Regina Célia - Crendices

http://sharebee.com/278cbefb

Labels: ,

4 Comments:

At 9:01 AM, Blogger Ron Groo said...

Sem duvidas o cara é bom!
Uma dúvida: O Cyro Pereira é o sambista? Ou estarei em quadradamente enganado?

 
At 9:26 AM, Blogger Ayrton Mugnaini Jr. said...

Ron Groo san,

passaste perto: o sambista é Cyro Monteiro. Cyro Pereira é bamba como maestro e compositor. Um e-abraço.

 
At 7:54 PM, Blogger Alan said...

Mario Albanese tem garantido o seu lugar na galeria de grandes inovadores na música brasileira. É gratificante encontrar alguém que reconhece o seu talento.

 
At 5:18 AM, Blogger Alex Malheiros said...

Sempre foi bom, só que no Brasil é tudo diferente, porém a história não irá mentir quando for preciso as futuras gerações saberão entender.Por enquanto " E tome polka"...sertanejo brega e Universitário, funk Brasil é dose!!!

 

Post a Comment

<< Home